terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Natal com a família
- 24/25 de dezembro de 2017 -




Preparação: 1. Bíblia aberta na passagem do Evangelho que será lida; 2. Uma vela branca; 3. Se houver pano, dê preferência às cores branca ou amarelo-ouro; e 4. Flores vivas. Faça este encontro no momento em que a família se reúna para celebrar o Natal.

Convite: Jesus é uma promessa de Deus para que tenhamos lições para uma vida melhor para toda a humanidade. O nascimento do menino Jesus é a renovação da esperança para cada um de nós. Vamos comemorar esse presente de Deus entre nós.

Música: Anunciação
A voz do anjo sussurrou no meu ouvido / Eu não duvido já escuto os teus sinais
Que tu virias numa manhã de domingo / Eu te anuncio nos sinos das catedrais
Tu vens, tu vens. Eu já escuto os teus sinais. (2x)



Para acender a vela: Acendo essa vela como maneira de lembrar que a Palavra de Deus ilumina nosso caminho. Por sua leitura, ouvimos a voz de Deus e entendemos, pela orientação do seu Santo Espírito, o que ele nos tem a mostrar para hoje e para o nosso caminho aqui e em todo o mundo.

Partilhemos a Palavra (Leitura do Evangelho): Lucas 2.1-7
Naqueles dias, o imperador Augusto publicou um decreto, ordenando o recenseamento em todo o império. Esse primeiro recenseamento foi feito quando Quirino era governador da Síria. Todos iam registrar-se, cada um na sua cidade natal. José era da família e descendência de Davi. Subiu da cidade de Nazaré, na Galileia, até a cidade de Davi, chamada Belém, na Judeia, para registrar-se com Maria, sua mulher, que estava grávida. Enquanto estavam em Belém, completaram-se os dias para o parto, e Maria deu à luz o seu filho primogênito. Ela o enfaixou, e o colocou na manjedoura, pois não havia lugar para eles dentro da casa.”

Música: Noite feliz
Noite feliz! Noite feliz! Oh Senhor, Deus de amor,
Pobrezinho nasceu em Belém. Eis na lapa Jesus, nosso bem.
Dorme em paz, ó Jesus. Dorme em paz, ó Jesus

Motivação: Jesus nasce em meio a símbolos de simplicidade. Em vez de uma cama cara, deitou-se em uma manjedoura. No lugar de um quarto de maternidade luxuoso, estava numa estrebaria. Ao seu redor, animais acompanhavam sua chegada a este mundo. Que lição essa simplicidade nos traz neste tempo de desperdício por parte de muitos?

Cantemos: Não há amor maior
Para mostrarmos nosso amor, nossa amizade,
Proclamemos de verdade o sentido da canção:
Temos um Pai que a todos ama ternamente
E ao irmão carente estendamos nossa mão.

Oração do Senhor:
Pai Nosso que estás no céu. Santificado seja o teu nome. Venha o teu Reino.
Seja feita a tua vontade, assim na Terra, como no céu. O pão nosso de cada dia nos dá hoje.
E perdoa as nossas dívidas, assim como nós perdoamos os nossos devedores.
E não nos deixes cair em tentação, mas livra-nos do mal.
Pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém.

Bênção mútua: (uma pessoa faz a leitura, as outra repetem olhando para alguém escolhido):
“Que o Senhor te abençoe e te guarde
Que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti
E tenha misericórdia de ti.
Que o Senhor sobre ti levante o rosto
E te dê a paz.”

Abraço da paz: Ofereça seu abraço de paz e de feliz Natal a todos!

//www.facebook.com/calendarioliturgicoreformado/
Rev. Sandro Xavier (revsandro@yahoo.de)




Nenhum comentário:

Postar um comentário