quinta-feira, 24 de maio de 2018

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA O DOMINGO DA TRINDADE (1º DOMINGO APÓS PENTECOSTES), 27 DE MAIO DE 2018ANO B, COR LITÚRGICA: BRANCA.




Antigo Testamento: Isaías 6.1-8

Salmo 29

Epístola: Romanos 8.12-17

Evangelho: João 3.1-17


"QUEM NASCE DA CARNE É CARNE, QUEM NASCE DO ESPÍRITO(*) É ESPÍRITO." (João 3.6)

(*) Vejamos a tarefa que Deus tem na conscientização da salvação do ser humano por meio de um caminho mostrado por Jesus Cristo em suas palavras, promessas e atitudes. Deus estabelece suas leis e orienta o povo para se reunir e se organizar, ainda em tempos mais complexos e cheios de dúvidas. Era hora de cuidar de uma demonstração do poder de Deus que se manifesta externamente, por meio da natureza e de todo o universo. Deus é o Todo-Poderoso que controla não somente a nossa vida, mas toda a humanidade e todo o cosmos. Em Jesus, aprendemos a perceber dois aspectos necessários para a salvação e para o discipulado: a nossa relação com o Pai e com os semelhantes. A partir do Mestre, temos lições do nosso trato para com Deus e a solidariedade necessária com irmãos e irmãs. Note que o próprio Jesus Cristo é o Criador mesmo sendo solidário com sua criatura. Com esse movimento, o Todo-Amor busca compreender a vida dos seres humanos, trazendo proximidade, perdão, compreensão, solidariedade, misericórdia e justiça. É o movimento que Jesus nos ensina a fazer: estarmos próximos daquele que sofre, que peca, que se revolta, que grita... Com o envio do Espírito Santo, o Deus que Consola, temos a possibilidade do encontro conosco mesmos. É a hora de estarmos bem internamente, para que essa tranquilidade e paz de Espírito (sim, com inicial maiúscula) possa ser espalhada para aqueles com quem convivemos, mostrando, com isso, o amor e a presença de Jesus Cristo Libertador. Dessa forma, é importante entender que a ventania e o barulho que se ouvem não estão fora de você. É necessário olhar para dentro. É importante que possamos ter ação introspectiva para conhecermos nosso espírito, ajudados pelo Espírito Santo, sim, esse que vem para nos trazer a consolação inexplicável para esse mundo que jaz no maligno. Quem nasce do Espírito compreende o que Jesus quer dizer e confia em suas palavras, entregando-se a ele e à sua missão. Com essa viagem introspectiva guiados pelo Espírito Santo, podemos estar aptos à relação com Deus e com o próximo, e manter a eterna comunhão com o Deus Pai e Criador de todas as criaturas e de todas as coisas visíveis e invisíveis no universo. Louvados sejam o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Amen.

Gloria Patri, et Filio et Spiritui Sancto!



LEITURAS DEVOCIONAIS
DOMINGO (27mai)
Salmo matutino: 103; 150
Salmo vespertino: 117; 139
Antigo Testamento: Jó 38.1-11; 42.1-5
Epístola: Apocalipse 19.4-16
Evangelho: João 1.29-34

SEGUNDA-FEIRA (28mai)
Salmo matutino: 135; 145
Salmo vespertino: 97; 112
Antigo Testamento: Provérbios 10.1-12
Epístola: 1Timóteo 1.1-17
Evangelho: Mateus 12.22-32

TERÇA-FEIRA (29mai)
Salmo matutino: 123; 146
Salmo vespertino: 30; 86
Antigo Testamento: Provérbios 15.16-33
Epístola: 1Timóteo 1.18 - 2.15
Evangelho: Mateus 12.33-42

QUARTA-FEIRA (30mai)
Salmo matutino: 15; 147.1-11
Salmo vespertino: 48; 4
Antigo Testamento: Provérbios 17.1-20
Epístola: 1Timóteo 3.1-16
Evangelho: Mateus 12.43-50

QUINTA-FEIRA (31mai)
Salmo matutino: 36; 147,12-20
Salmo vespertino: 80; 27
Antigo Testamento: Provérbios 21.30 - 22.6
Epístola: 1Timóteo 4.1-16
Evangelho: Mateus 13.24-30

SEXTA-FEIRA (1ºjun)
Salmo matutino: 130; 148
Salmo vespertino: 32; 139
Antigo Testamento: Provérbios 23.19-21,29 - 24.2
Epístola: 1Timóteo 5.17-22(23-25)
Evangelho: Mateus 13.31-35

SÁBADO (2jun)
Salmo matutino: 56; 149
Salmo vespertino: 118; 111
Antigo Testamento: Provérbios 25.15-28
Epístola: 1Timóteo 6.6-21
Evangelho: Mateus 13.36-43


Publicado toda quinta-feira (ou perto disso) por aqui e no Twitter @revsandroxavier.


Imagem: Ilustração de Fano, encontrada na página da Red Crearte no Facebook.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA O DOMINGO DE PENTECOSTÉS

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA O DOMINGO DE PENTECOSTÉS, 20 DE MAIO DE 2018, ANO B, COR LITÚRGICA: VERMELHO

Antigo Testamento: Ezequiel 37.1-14 ou Joel 2.28-32

Salmo 139.1-12 (13-16)

Epístola: Atos 2.1-21

Evangelho: João 15.26-27; 16.4b-15


"VOCÊS DEVEM DAR TESTEMUNHO DE MIM" (*)

O Espírito Santo, Defensor, Consolador e Companheiro, é o dom de Jesus Cristo ressuscitado e glorificado. Ao contrário da presença fantasmagórica e utilitarista tantas vezes proclamada no cristianismo contemporâneo, o Espírito Santo tem como principal missão testemunhar de Cristo e nos impelir para ser testemunhas também.
Não devemos temer ter que decifrar visões ou nos perder em êxtases celestiais, o Espírito Santo nos guia e ensina, nos exorta e corrige, somente através das Escrituras. O que é pecado? Dar as costas ao amor infinito de Cristo. O que é justiça? É confiar na obra perfeita de Cristo. E o diabo? Ele já foi derrotado por Cristo. Este é o testemunho do Espírito da verdade: Cristo é amor, justiça e vitória. Nós devemos ser testemunhas disso!
A verdade a qual o Espírito Santo nos conduz não consiste em pompa ou demonstração, nem em satisfação egoísta. O Espírito da verdade nos confirma na verdade, para que possamos ser, em toda a terra, testemunhas da verdade. E a verdade é Cristo, somente Cristo. "Vocês são a raça escolhida, os sacerdotes do Rei, a nação completamente dedicada a Deus, o povo que pertence a ele. Vocês foram escolhidos para anunciar os atos poderosos de Deus, que os chamou da escuridão para a sua maravilhosa luz." 1 Pedro 2,9

Doce me facere voluntatem tuam quia Deus meus es tu spiritus tuus bonus deducet me in terra recta!

LEITURAS DEVOCIONAIS

DOMINGO (20 mai)
Salmo matutino: 104; 150
Salmo vespertino: 29; 33
Antigo Testamento: Deuteronômio 16.9-12
Epístola: Atos 4.18-21, 23-33
Evangelho: João 4.19-26

SEGUNDA-FEIRA (21 mai)
Salmo matutino: 5; 145
Salmo vespertino: 82; 29
Antigo Testamento: Povérbios 3.11-20
Epístola: 1 João  3.18 - 4.6
Evangelho: Mateus 11.1-6

TERÇA-FEIRA (22 mai)
Salmo matutino: 42; 146
Salmo vespertino: 102; 133
Antigo Testamento: Provérbios 4.1-27
Epístola: 1 João 4.7-21
Evangelho: Mateus 11.7-15

QUARTA-FEIRA (23 mai)
Salmo matutino: 89.1-18; 147.1-11
Salmo vespertino: 1; 33
Antigo Testamento: Provérbio 6.1-19
Epístola: 1 João 5.1-12
Evangelho: Mateus 11.16-24

QUINTA-FEIRA (24 mai)
Salmo matutino: 97; 147.12-20
Salmo vespertino: 16; 62
Antigo Testamento: Provérbios 7.1-27
Epístola: 1 João 5.13-21
Evangelho: Mateus 11.25-30

SEXTA-FEIRA (25 mai)
Salmo matutino: 51; 148
Salmo vespertino: 142; 65
Antigo Testamento: Provérbios 8.1-21
Epístola: 2 João 1-13
Evangelho: Mateus 12.1-14

SÁBADO (26 mai)
Salmo matutino: 104; 149
Salmo vespertino: 138; 98
Antigo Testamento: Provérbios 8.22-36
Epístola: 3 João 1-15
Evangelho: Mateus 12.15-21

(*) Rev. Andrés Omar Ayala

sexta-feira, 11 de maio de 2018

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA O 7º DOMINGO DA PÁSCOA, 13 DE maio DE 2018ANO B, COR LITÚRGICA: BRANCA.

(PODE-SE COMEMORAR A ASCENSÃO DO SENHOR - Leituras da quinta-feira passada)




Antigo Testamento: Atos 1.15-17,21-26(**)

Salmo 1 ou 108 ou Jeremias 10.1-10a

Epístola: 1João 5.9-13

Evangelho: João 17.6-19


"ASSIM COMO TU ME ENVIASTE AO MUNDO, EU TAMBÉM OS ENVIO(*) AO MUNDO." (João 17.18)

(*) Que bela oração de Jesus temos nessa perícope. Jesus fala com o Pai de Amor sobre seu cuidado para conosco. Além de mostrar sua apreensão porque estaríamos por nossa conta neste mundo em que somos sujeitos à ação do Maligno, ele deixa claro que há os que são "filhos da perdição", para os quais há um futuro reservado, para que se cumpra a vontade do Pai. Jesus confirma a Deus que ele nos preparou para sermos enviados ao mundo. Esse envio se dá da mesma forma como ele veio mandado pelo Criador. Deus se manifesta em Jesus Cristo com intuito de viver a vida de suas criaturas. Só assim ele poderia trazer a salvação. A relação de Jesus com os seres humanos salvou não somente a vida de homens e mulheres, mas também salvou a relação entre nós e Deus. Quando, nessa oração, Jesus mostra toda sua angústia por nos deixar sozinhos, ele demonstra que chega ao Pai a compreensão total do sofrimento e da vida cheia de condições controversas do ser humano. Deus, com isso, conseguiu, por meio de Jesus Cristo, que é o próprio Deus também, fazer releituras das leis e preparar a misericórdia e o caminho da salvação, não somente para a vida de cada um, mas de toda a comunidade humana e terrena, a partir da ação de cada um. Dessa forma, com todas as lições e exemplos do Nosso Salvador, somos enviados a, da mesma forma que Deus fez em Jesus, aproximarmo-nos daqueles que sofrem e precisam conhecer a Deus. É com misericórdia, com bondade e com justiça que somos enviados ao mundo. Não devemos agir da forma como o mundo molda as pessoas em busca de sucesso, lucro e fama. Os critérios de julgamento deste mundo não são os nossos. Isso porque, como afirmou Jesus Cristo, aqueles que compreendem sua missão e o seguem, certamente, não são deste mundo. Nossos valores são outros. Por isso, o sucesso de uma comunidade de fé não deve ser avaliado segundo critérios administrativos e empresariais. Por isso, nosso testemunho é diferente do que esperam os servos de Mammom. Por isso, recebemos do Pai, o Consolador: aquele que caminha conosco, num mundo em que precisamos ser guardados do Maligno, para nos secar as lágrimas, encorajar no caminho, iluminar na leitura da Palavra de Deus e fazer-nos um, com o Pai e com os irmãos e irmãs.

Vince in Bono Malum!


(**) Durante o período da Páscoa, as leituras do Antigo Testamento são substituídas pelos Atos dos Apóstolos.


LEITURAS DEVOCIONAIS
DOMINGO (13mai)
Salmo matutino: 93; 150
Salmo vespertino: 136; 117
Antigo Testamento: Êxodo 3.1-12
Epístola: Hebreus 12.18-29
Evangelho: Lucas 10.17-24

SEGUNDA-FEIRA (14mai)
Salmo matutino: 97; 145
Salmo vespertino: 124; 115
Antigo Testamento: Josué 1.1-9
Epístola: Efésios 3.1-13
Evangelho: Mateus 8.5-17

TERÇA-FEIRA (15mai)
Salmo matutino: 98; 146
Salmo vespertino: 66; 116
Antigo Testamento: 1Samuel 16.1-13a
Epístola: Efésios 3.14-21
Evangelho: Mateus 8.18-27

QUARTA-FEIRA (16mai)
Salmo matutino: 99; 147.1-11
Salmo vespertino: 9; 118
Antigo Testamento: Isaías 4.2-6
Epístola: Efésios 4.1-16
Evangelho: Mateus 8.28-34

QUINTA-FEIRA (17mai)
Salmo matutino: 47; 147,12-20
Salmo vespertino: 68; 113
Antigo Testamento: Zacarias 4.1-14
Epístola: Efésios 4.17-32
Evangelho: Mateus 9.1-8

SEXTA-FEIRA (18mai)
Salmo matutino: 96; 148
Salmo vespertino: 49; 138
Antigo Testamento: Jeremias 31.27-34
Epístola: Efésios 5.1-32
Evangelho: Mateus 9.9-17

SÁBADO (18mai)
Salmo matutino: 92; 149
Antigo Testamento: Ezequiel 36.22-27
Epístola: Efésios 6.1-24
Evangelho: Mateus 9.18-26
VÉSPERA DE PENTECOSTES
Salmo vespertino: 23; 114
Antigo Testamento: Êxodo 19.3-8a,16-20
Epístola: 1Pedro 2.4-10


Publicado toda quinta-feira (ou perto disso) por aqui e no Twitter @revsandroxavier.


Imagem: Em: www.imagenes.cristianas.com.

segunda-feira, 7 de maio de 2018

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA A ASCENÇÃO DO SENHOR

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA A ASCENÇÃO DO SENHOR, 10 DE MAIO DE 2018, ANO B, COR LITÚRGICA: BRANCO

1° Leitura: Atos 1.1-11

Salmo 47

Epístola: Efésios 1.15-23

Evangelho: Lucas 24.44-53


O Dia da Ascensão é uma solenidade cristã celebrada quarenta dias após o Domingo da ressurreição (durante a época da Páscoa) e que comemora a ascensão de Jesus Cristo ao céu na presença de seus discípulos depois de anunciar que iria enviar-lhes o Espírito Santo.

quarta-feira, 2 de maio de 2018

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA O 6° DOMINGO DE PÁSCOA

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA O 6° DOMINGO DE PÁSCOA, 6 DE MAIO DE 2018, ANO B, COR LITÚRGICA: BRANCO

1° Leitura: Atos 10.34-48

Salmo 98

Epístola: 1 João 5.1-8

Evangelho: João 15.9-17


"EU CHAMO VOCÊS DE AMIGOS" (*)

O que realmente significa crer em Jesus, ser seus discípulos e obedecê-lhe? Talvez pensemos que se trata de se juntar a um grupo religioso. Ou talvez possamos pensar que consiste em executar alguns ritos. Também é possível que consideremos que significa adotar certos comportamentos ou atividades. Jesus, por outro lado, diz que se trata de permanecer em seu amor.
Os cristãos formamos grupos religiosos; grupos que refletem pouco e nada do amor de Cristo. Também praticamos ritos variados; ritos muitas vezes limitados a gestos superficiais, quando não resultam em idolatria vulgar. Além disso, adotamos comportamentos e atividades, mais direcionados para elevar nosso ego do que para glorificar a Deus ou servir ao próximo.
"Eu poderia falar todas as línguas que são faladas na terra e até no céu, mas, se não tivesse amor, as minhas palavras seriam como o som de um gongo ou como o barulho de um sino. Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus, ter todo o conhecimento, entender todos os segredos e ter tanta fé, que até poderia tirar as montanhas do seu lugar, mas, se não tivesse amor, eu não seria nada." (1 Coríntios 13.1-2)
Grupos religiosos, rituais e atividades geralmente exigem um cumprimento servil. Jesus não nos chama de servos, mas de amigos: "Vocês são meus amigos se fazem o que eu mando." (João 15.14) E o que ele nos manda é amar. Todo o cristianismo resume-se a isso: Amor. O amor é a nossa comunhão com o Pai e com o seu Filho Jesus Cristo. O amor é o cumprimento da lei e dos profetas. O amor produz o fruto da justiça. O que realmente significa crer em Jesus, ser seus discípulos e obedecê-lhe? "Amem uns aos outros." (João 15.17)

Deus caritas est et qui manet in caritate in Deo manet et Deus in eo.

LEITURAS DEVOCIONAIS
DOMINGO (6 mai)
Salmo matutino: 93; 150
Salmo vespertino: 136; 117
Antigo Testamento: Levítico 25.1-17
Epístola: Tiago 1-2-8, 16-18
Evangelho: Lucas 12.13.21

SEGUNDA-FEIRA (7 mai)
Salmo matutino: 97; 145
Salmo vespertino: 124; 115
Antigo Testamento: Levítico 25.35-55
Epístola: Colosenses 1.9-14
Evangelho: Mateus 13.1-16

TERÇA-FEIRA (8 mai)
Salmo matutino: 98; 146
Salmo vespertino: 66; 116
Antigo Testamento: Levítico 26.1-20
Epístola: 1 Timóteo 2.1-6
Evangelho: Mateus 13.18-23

QUARTA-FEIRA (9 mai)
Salmo matutino: 99; 147.1-11
Antigo Testamento: Levítico 26.27-42
Epístola: Efésios 1.1-10
Evangelho: Mateus 22.41-46

Vigília da Ascenção do Senhor
Salmo vespertino: 9; 118
1° Leitura: 2 Reis 2.1-15
2° Leitura: Apocalipse 5.1-14

QUINTA-FEIRA (10 mai) - Ascenção do Senhor
Salmo matutino: 47; 147.12-20
Salmo vespertino: 68; 113
Antigo Testamento: Daniel 7.9-14
Epístola: Hebreus 2.5-18
Evangelho: Mateus 28.16-20

SEXTA-FEIRA (11 mai)
Salmo matutino: 96; 148
Salmo vespertino: 49; 138
Antigo Testamento: 1 Samuel 2.1-10
Epístola: Efésios 2.1-10
Evangelho: Mateus 7.22-27

SÁBADO (12 mai)
Salmo matutino: 92; 149
Salmo vespertino: 23; 114
Antigo Testamento: Números 11.16-17, 24-29
Epístola: Efésios 2.11-22
Evangelho: Mateus 7.28 - 8.4

Publicado toda quinta-feira (ou perto disso) por aqui e no Twitter @andres_rdr

(*) Rev. Andrés Omar Ayala

quinta-feira, 26 de abril de 2018

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA O 5º DOMINGO DA PÁSCOA, 29 DE ABRIL DE 2018ANO B, COR LITÚRGICA: BRANCA.




Antigo Testamento: Atos 8.26-40(**)

Salmo 22.25-31 ou 118.19-25 ou Êxodo 19-1-6

Epístola: 1João 4.7-21

Evangelho: João 15.1-8


"TODO RAMO QUE NÃO DÁ FRUTO EM MIM, O PAI O CORTA. OS RAMOS QUE DÃO FRUTO, ELE OS PODA(*) PARA QUE DEEM MAIS FRUTO AINDA." (João 15.2)

(*) O verbo podar pode ter alguns significados em português interessantes para analisarmos a atitude de Deus para com aqueles que dão frutos, com intuito de que deem mais frutos ainda. Podar pode ser, simplesmente, aparar ou desbastar as folhas e os galhos de uma planta para que ela continue crescendo frondosa. Nesse processo de poda, retiram-se as partes que estão exageradas, crescendo para lados que tragam ameaças, ou já estão sem vigor. Além disso, por extensão, a palavra podar também pode significar impor limites, no sentido de impedir os excessos de atitudes ou cercear concessões exageradas. É como alguns pais e mães fazem com crianças, podando-lhes em determinadas situações, para que não se tornem malcriadas ou abusadas. Jesus alerta que Deus está atento à necessidade de fazer isso com a gente. Isso, claro, pra quem está ligado a ele e, consequentemente, dá frutos. Afinal, ele deixou bem claro que aqueles que não dão frutos são cortados. Isso porque, definitivamente, já não estão organicamente ligados a ele. Impossível, dessa forma, dar frutos. E não é justo que continuem sugando a seiva do tronco principal sem serem frutíferos. O Pai se encarrega de fazer essa limpeza na videira verdadeira. Não se trata de instituição, mas do Corpo de Cristo. Portanto, se acontecer de algo ser retirado na sua vida, se você perceber que lhe tem sido impedido trilhar algum caminho, note que pode ser o nosso Pai, Todo-Amor, podando seus galhos e folhas para que seus frutos sejam cada vez mais bonitos e saborosos, levando sustento e fortaleza a quem de si se aproxima. Isso para que você seja um pouco do resultado daquela árvore: o próprio Jesus. Assim, viva sua vida com gratidão, mesmo por tudo que você pensa que lhe está sendo retirado. No espírito do "Em tudo dai graças", mostre-se confiante no Pai agricultor e entregue a ele sua vida de discípulo de Jesus, pois só por ele podemos ter acesso ao Todo-Amor: o Papai do Céu.

Permanecei No Meu Amor!


(**) Durante o período da Páscoa, as leituras do Antigo Testamento são substituídas pelos Atos dos Apóstolos.


LEITURAS DEVOCIONAIS
DOMINGO (29abr)
Salmo matutino: 93; 150
Salmo vespertino: 136; 117
Antigo Testamento: Levítico 8.1-13
Epístola: Hebreus 12.1-14
Evangelho: Lucas 4.16-30

SEGUNDA-FEIRA (30abr)
Salmo matutino: 97; 145
Salmo vespertino: 124; 115
Antigo Testamento: Levítico 16.1-19
Epístola: 1Tessalonicenses 4.13-18
Evangelho: Mateus 6.1-6,16-18

TERÇA-FEIRA (1ºmai)
Salmo matutino: 98; 146
Salmo vespertino: 66; 116
Antigo Testamento: Levítico 16.20-34
Epístola: 1Tessalonicenses 5.1-11
Evangelho: Mateus 6.7-15

QUARTA-FEIRA (2mai)
Salmo matutino: 99; 147.1-11
Salmo vespertino: 9; 118
Antigo Testamento: Levítico 19.1-18
Epístola: 1Tessalonicenses 5.12-28
Evangelho: Mateus 6.19-24

QUINTA-FEIRA (3mai)
Salmo matutino: 47; 147,12-20
Salmo vespertino: 68; 113
Antigo Testamento: Levítico 19.26-37
Epístola: 2Tessalonicenses 1.1-12
Evangelho: Mateus 6.25-34

SEXTA-FEIRA (4mai)
Salmo matutino: 96; 148
Salmo vespertino: 49; 138
Antigo Testamento: Levítico 23.1-22
Epístola: 2Tessalonicenses 2.1-17
Evangelho: Mateus 7.1-12

SÁBADO (5mai)
Salmo matutino: 92; 149
Salmo vespertino: 23; 114
Antigo Testamento: Levítico 23.23-44
Epístola: 2Tessalonicenses 3.1-18
Evangelho: Mateus 7.13-21


Publicado toda quinta-feira (ou perto disso) por aqui e no Twitter @revsandroxavier.


Imagem: Autor desconhecido. Encontrada em "Kairos Ministério Missionário".

quarta-feira, 18 de abril de 2018

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA O 4° DOMINGO DE PÁSCOA

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA O 4° DOMINGO DE PÁSCOA, 22 DE ABRIL DE 2018, ANO B, COR LITÚRGICA: BRANCO

1° Leitura: Atos 4.1-12

Salmo 23

Epístola: 1 João 3.16-24

Evangelho: João 10.11-18


"TENHO OUTRAS OVELHAS" (*)

Os inimigos e adversários de Jesus o repreendiam por muitas coisas, mas uma das que mais os escandalizava era que ele prometia e mostrava aceitação, perdão e bênção aos gentios, prostitutas, publicanos e todos aqueles que eram desprezados. Infelizmente, muitos de nós que nos consideramos "amigos de Jesus" pensamos e agimos exatamente como os inimigos dele, e queremos colocar limites à graça. No entanto, Cristo, o bom pastor, é o Salvador de todos e para todos; gostemos disso ou não.
O bom pastor conhece muito bem cada uma das suas ovelhas, e as ovelhas o conhecem e ouvem. Qualquer sectarismo é uma maneira mais ou menos óbvia de negar esse fato que Jesus afirma enfaticamente. Cristo é quem chama. Cristo é quem salva. Cristo é quem guia. O sectarismo, por mais piedoso que possa parecer, coloca-se no lugar de Cristo e usurpa o seu poder. "Irmãos, não falem mal uns dos outros: Aquele que fala mal de seu irmão, ou o julga, fala mal da lei e a julga, e se você julgar a lei, você se torna juiz dela em vez de obedecê-la." (Tiago 4.11) Todo sectarismo é, então, idolatria e blasfêmia.
Deus é todo amor e se mostra em Cristo, por meio de quem ele derrama seu amor em nós através do Espírito Santo. O amor de Deus é tão infinito e eterno quanto Ele mesmo é. É por isso que podemos confiar totalmente em seu amor, vivo e vivificante, que nos fala pela sua Palavra e nos é dado nos sacramentos. Todos quantos ouvimos a voz do único pastor, estando perto ou longe, somos o seu rebanho, embora não estejamos no mesmo aprisco.

Dominus reget me et nihil mihi deerit.

LEITURAS DEVOCIONAIS
DOMINGO (22 abr)
Salmo matutino: 93; 150
Salmo vespertino: 136; 117
Antigo Testamento: Êxodo 28.1-4, 30-38
Epístola: 1 João 2.18-29
Evangelho: Marcos 6.30-44

SEGUNDA-FEIRA (23 abr)
Salmo matutino: 97; 145
Salmo vespertino: 124; 115
Antigo Testamento: Êxodo 32.1-20
Epístola: Colosenses 3.18 - 4.6 (7-18)
Evangelho: Mateus 5.1-10

TERÇA-FEIRA (24 abr)
Salmo matutino: 98; 146
Salmo vespertino: 66; 116
Antigo Testamento: Êxodo 32.21-34
Epístola: 1 Tessalonicenses 1.1-10
Evangelho: Mateus 5.11-16

QUARTA-FEIRA (25 abr)
Salmo matutino: 99; 147.1-11
Salmo vespertino: 9; 118
Antigo Testamento: Êxodo 33.1-23
Epístola: 1 Tessalonicenses 2.1-12
Evangelho: Mateus 5.17-20

QUINTA-FEIRA (26 abr)
Salmo matutino: 47; 147.12-20
Salmo vespertino: 68; 113
Antigo Testamento: Êxodo 34.1-17
Epístola: 1 Tessalonicenses 2.13-20
Evangelho: Mateus 5.21-26

SEXTA-FEIRA (27 abr)
Salmo matutino: 96; 148
Salmo vespertino: 49; 138
Antigo Testamento: Êxodo 34.18-35
Epístola: 1 Tessalonicenses 3.1-13
Evangelho: Mateus 5.27-37

SÁBADO (28 abr)
Salmo matutino: 92; 149
Salmo vespertino: 23; 114
Antigo Testamento: Êxodo 40.18-38
Epístola: 1 Tessalonicenses 4.1-12
Evangelho: Mateus 5.38-48

Publicado toda quinta-feira (ou perto disso) por aqui e no Twitter @andres_rdr

(*) Rev. Andrés Omar Ayala