quinta-feira, 24 de novembro de 2016

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO para o 1º Domingo do Advento,  27 de novembro de 2016, Ano A, Cor Litúrgica: Roxa.




Antigo Testamento: Isaías 2.1-5

Salmo: Salmo 122

Epístola: Romanos 12.11-14


Evangelho: Mateus 24.36-44


"PORTANTO, FIQUEM VIGIANDO! PORQUE VOCÊS NÃO SABEM(*) EM QUE DIA VIRÁ O SENHOR DE VOCÊS." (Mateus 24.42)

(*) Começa a saga que prepara os nossos corações para a chegada do Deus-Menino. Jesus Cristo, o Messias esperado, vem bastante diferente do que era comumente pregado e do que esperava o povo. É fato que o povo sofrido achava, até por uma influência dos mais famosos partidos judaicos, que o Salvador viria de forma poderosa, um político que estaria no topo das classes dominantes, um rei forte com grandes armamentos, um guerreiro cheio de poder e liderando uma horda de batalhadores. Mas não foi nada disso. Notemos, mais uma vez, a grandiosidade da mensagem de Deus: na singeleza de atitudes e de formas é que as mais portentosas ações são tomadas em favor do povo de Deus e do estabelecimento do seu Reino de Amor. Jesus Cristo, o Messias, o Salvador, chega ao nosso meio em forma de uma criança indefesa, necessitada dos cuidados de pai e mãe - como qualquer outro ser humano -, sem ter onde passar a noite. Essa criança de família simples é acolhida em um estábulo e se deita numa manjadoira. Imagine o cheiro daquele lugar, os animais dividindo o espaço, e Jesus sendo colocado no lugar onde os bichos comiam (era o mais confortável que se conseguira). Essa mensagem confronta nosso conhecimento e nossa expectativa. Além de apresentar um Messias completamente diferente do que esperamos, mostra que a saída para nossa esperança vem de outra forma. A força, o poder a imponência deste mundo não importam. Que venha a fragilidade representada num simples bebê. Que venha a incerteza (ou melhor: a possibilidade) representada numa noite sem ter onde dormir. Que venha o desapego marcado pela capacidade de descansar numa simples estrebaria. Que venha, principalmente, o presente de um Deus que convive conosco, onde nós estamos e aceitando o que lhe temos a oferecer. Também é bom receber essa lição de estar ao lado daqueles que precisam do jeito que são. Nós vamos lá, e não ficamos parados aqui chamando para que venham ao nosso ambiente. Jesus é Deus saindo de seu céu e vivendo na nossa terra. Que Deus assim nos abençoe e prepare nossos corações para, mais uma vez, ser terra fértil onde nasce a esperança verdadeira: Jesus Cristo! Amen!

Sê Conosco, Senhor Emanuel!

**Pra quem não sabe, este é o domingo em que se colocam as guirlandas nas portas das casas, anunciando que aquela família aguarda a chegada do Deus-Menino, o Salvador.

Publicado toda quinta-feira (ou perto disso) por aqui e no Twitter @revsandroxavier.


Imagem: encontrada em www.franciscanos.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário