quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

LEITURAS DO LECIONÁRIO REFORMADO PARA O 5º DOMINGO APÓS A EPIFANIA, 4 DE fevereiro DE 2018ANO B, COR LITÚRGICA: VERDE.



Jesus curando a sogra de Pedro

Antigo Testamento: Isaías 40.21-31

Salmo 147.1-11,20c

Epístola: 1Coríntios 9.16-23

Evangelho: Marcos 1.29-39


"JESUS CUROU MUITAS PESSOAS DE VÁRIOS TIPOS DE DOENÇA E EXPULSOU MUITOS DEMÔNIOS. OS DEMÔNIOS SABIAM QUEM ERA JESUS, E POR ISSO JESUS NÃO DEIXAVA QUE ELES FALASSEM." (Marcos 1.34)

(*) Jesus, mais uma vez, confronta a multidão necessitada e a tentação da vaidade que a fama traz. Ele se compadece da sogra de Pedro, que estava febril. É bom lembrar que a febre era considerada uma ação demoníaca naqueles tempos. Dá pra perceber coisa parecida com o caso da epilepsia há épocas próximas mesmo aqui entre nós. Quem nunca viu divulgação de alguém que estava endemoninhado quando o coitado só teve um ataque epilético? Na minha infância, passei muito por essa experiência. Depois a sobriedade foi exigindo das pessoas um olhar mais humano sobre a condição de saúde que aflige muita gente. Dessa forma, para eles, Jesus aplacou a ação do diabo. Quando a sogra de Pedro se pôs de pé e a servir, trabalhando normalmente, demonstrou que a ação de um demônio é aquela que te impede de agir assim, de viver sua vida, de ter gerência sobre seu próprio corpo e vontade. Com isso, muitos, sabendo da ação do Messias, correram para conhecê-lo e deixar, da mesma forma, de lado as suas agruras. Jesus os atendeu e, igualmente, livrou-os de seus males e opressões. Mas notemos que Jesus não deixava que os demônios falassem. Nenhuma explicação ou exposição do demônio é interessante ou esclarecedora para nós. Afinal, o pai da mentira pode, muito bem, nos enganar e, até mesmo, nos levar para o seu lado. O interessante nesse aspecto é que a ação de Jesus é diametralmente diferente do que fazem, hoje, os apresentadores de espetáculo da fé. Pela tevê ou na internet temos uma infinitude de exemplos de entrevistas com entidades, pedidos de esclarecimento, um verdadeiro show de entretenimento, manipulação e imposição de medo. Em seguida, Jesus soube da multidão que corria atrás dele. Esse era o momento, que transpareceu no alerta de Pedro e dos outros, de aproveitar a fama. Mas Jesus frustra a tentação da vaidade e resolve que sua missão deveria chegar a outras pessoas. Há mais necessitados de amor, proximidade e libertação em outros lugares. É importante que as boas novas cheguem a outros, sem dar espaço ao apelo da popularidade, que traz o pecado e a tentação da vaidade. Fica, para nós hoje, esse exemplo de Jesus.

Errare Humanum Est, Perseverare Diabolicum.


LEITURAS DEVOCIONAIS
DOMINGO (4fev)
Salmo matutino: 103; 150
Salmo vespertino: 117; 139
Antigo Testamento: Gênesis 24.50-67
Epístola: 2Timóteo 2.14-21
Evangelho: Marcos 10.13-22

SEGUNDA-FEIRA (5fev)
Salmo matutino: 5; 145
Salmo vespertino: 82; 29
Antigo Testamento: Gênesis 25.19-34
Epístola: Hebreus 13.1-16
Evangelho: João 7.37-52

TERÇA-FEIRA (6fev)
Salmo matutino: 42; 146
Salmo vespertino: 102; 133
Antigo Testamento: Gênesis 26.1-6,12-33
Epístola: Hebreus 13.17-25
Evangelho: João 7.53 - 8.11

QUARTA-FEIRA (7fev)
Salmo matutino: 89,1-18; 147.1-11
Salmo vespertino: 102; 133
Antigo Testamento: Gênesis 27.1-29
Epístola: Romanos 12.1-8
Evangelho: João 8.12-20

QUINTA-FEIRA (8fev)
Salmo matutino: 97; 147,12-20
Salmo vespertino: 16; 62
Antigo Testamento: Gênesis 27.30-45
Epístola: Romanos 12.9-21
Evangelho: João 8.21-32

SEXTA-FEIRA (9fev)
Salmo matutino: 51; 148
Salmo vespertino: 142; 65
Antigo Testamento: Gênesis 27.46 - 28.4,10-22
Epístola: Romanos 13.1-14
Evangelho: João 8.33-47

SÁBADO (11fev)
Salmo matutino: 104; 149
Salmo vespertino: 138; 98
Antigo Testamento: Gênesis 29.1-20
Epístola: Romanos 14.1-23
Evangelho: João 8.47-59


Publicado toda quinta-feira (ou perto disso) por aqui e no Twitter @revsandroxavier.


Imagem: Jesus curando a sogra de Pedro - Iluminura no Evangelho da Abadessa Hitda de Meschede.

Nenhum comentário:

Postar um comentário